Você consegue respirar enquanto conversa?

O tempo de respirar nas nossas conversas atuais

Independe do quão rápido você forme suas opiniões, ou do quão extrovertido você seja para expressá-las, falar sobre coisas que acreditamos é sempre um ato corajoso e também vulnerável, por mais que muitos não tenham consciência disso.

Mas uma prova de que isso é verdade é perceber como reagimos quando alguém discorda da nossa opinião.

Pode ser do assunto mais banal possível, como por exemplo, qual é a melhor padaria da cidade até assuntos mais polêmicos que envolvem nosso juízo de valor.

Simplesmente não é gostoso quando discordam da gente. Para mim a sensação é de que alguma coisa quebra dentro de mim, seguido de um amargor na boca. Não é por menos, quando discordam de mim, algo que eu construi usando minha força pessoal fica fragilizado.

É isso é sempre ruim, por mais abertos que estejamos para o feedback.

Por isso, é meio óbvio que para maioria das pessoas a reação instantânea seja atacar de volta e defender sua cria, ou nesse caso, sua opinião.

É um simples mecanismo emocional humano mas perdemos muito por não assumí-lo.

Antes de eu compreender isso muitas vezes já defendi minha opinião mesmo que a informação que estivesse recebendo pudesse agregar algo na minha visão. Por apego, por vergonha, não sei, não quis dar o braço a torcer.

Acho que isso precisa mudar, porque as conversas que precisamos ter no mundo hoje são muito mais complexas do que outros seres humanos conversaram séculos atrás. Ainda mais num tempo onde temos acesso à tantas opiniões diferentes.

As soluções que vão brotar dessas novas conversas vão ser uma construção de opiniões de muitas mentes pensando junto, não de uma pessoa só que convenceu todo mundo de como as ideias dela são maravilhosas.

Por isso, precisamos aprender a respirar quando sentimos algo quebrar dentro da gente. Pode ser que aquele tanto de informação vindo de pessoas completamente diferentes da sua realidade possa te ajudar a ter mais sensatez da próxima vez que você se expressar.

Pode ser também que o que o outro diz seja mesmo um verdadeiro absurdo, mas ainda assim também é importante respirar. Para que assim você tenha tempo e discernimento para atacar os fatos não as pessoas que os dizem. Isso também faz uma baita diferença.

Carolina Nalon

por Carolina Nalon

Olá! Meu nome é Carolina Nalon e sou uma eterna inquieta que acredita que o mundo precisa de mais autenticidade e empatia. Espero que você encontre muita inspiração nas linhas e vídeos do meu blog. Se quiser saber mais sobre o que eu faço, visite a aba "projetos" desse site ou acesse: tiecoaching.com.br

One thought on “Você consegue respirar enquanto conversa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *