O que as pessoas buscam no coaching?

Você não chegará à linha de chegada se não determinar seu ponto de partida, e o primeiro passo de qualquer jornada — seja esta rumo ao crescimento profissional ou pessoal — está dentro de você. Quem reúne coragem suficiente para ingressar em um coaching está, decididamente, consciente da necessidade de conhecer melhor a si mesmo.

Quer saber mais sobre o que essas pessoas buscam no coaching? Confira nosso post.

A (intimidora) busca por uma nova carreira

Não existe mudança sem desconforto. Compre uma casa nova e, por mais bela que ela seja, seus primeiros dias nela serão um caos repleto de caixas, peso e bagunça.

Muitos buscam no coaching a orientação necessária para uma nova guinada em sua carreira. Tal mudança pode ter sido motivada por um sonho ou por uma necessidade. Em ambos os casos, no entanto, ela desperta temor e insegurança.

Para render bons frutos, uma mudança precisa ser cuidadosamente estruturada e monitorada. Ao contrário do que parece, isso não significa lentidão, mas planejamento. Com o coaching, você descobrirá que estas palavras estão longe de ser sinônimas!

A (entusiasmante) busca pelo crescimento

Ninguém deseja mudar para pior e, por trás de cada passo de ousadia e perseverança, está um contagiante desejo de crescimento.

O coaching é fundamental para que esta ascensão ocorra de maneira saudável. Assim como uma semente precisa de cuidados atenciosos para se tornar uma árvore frutífera, um indivíduo precisa ser constantemente “regado” e “adubado” enquanto galga degraus e prospera.

Sem constante reflexão e estudo, um crescimento meteórico pode ser a antessala de uma queda astronômica. Certamente este não é o fim que você reservou para a sua história.

A (ilusória) busca pela certeza

“Não estou aqui para dar a você um dogma — o dogma faz com que se tenha certeza. Não estou aqui para dar a você nenhuma promessa sobre o futuro — nenhuma promessa sobre o futuro transmite segurança. Estou aqui simplesmente para deixá-lo alerta e consciente — isto é, para ficar aqui agora, com toda a insegurança que existe na vida, com toda a incerteza que existe na vida, com todo o perigo que existe na vida”.

O parágrafo acima, retirado do livro “Coragem – O Prazer de Viver Perigosamente”, é um bom resumo da “alma” do coaching. Ao contrário do que muitos pensam, este não oferece certezas, mas orientações.

O coaching é a bússola, não o mapa do tesouro; é o guia, não o teletransporte; é o caminho, não o colo.

Seja qual for o seu anseio, não corra atrás de certezas ilusórias, mas de orientações concretas. A princípio elas podem parecer mais complexas (e são), mas, no fim, se mostrarão infinitamente mais eficazes.

Qual é a sua busca, afinal?

Qual destas buscas se parece mais com a sua? Hoje, o que te levaria a procurar o serviço de coaching?

Deixe seu comentário logo abaixo deste artigo, compartilhando conosco suas dúvidas e impressões, e comparando-as com a de outros leitores!

Carolina Nalon

por Carolina Nalon

Olá! Meu nome é Carolina Nalon e sou uma eterna inquieta que acredita que o mundo precisa de mais autenticidade e empatia. Espero que você encontre muita inspiração nas linhas e vídeos do meu blog. Se quiser saber mais sobre o que eu faço, visite a aba "projetos" desse site ou acesse: tiecoaching.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *