Lições da rainha da “Poker Face”

Você provavelmente já ouviu falar da Lady Gaga, um dos principais nomes do pop mundial. Ela é uma dessas uber celebridades que precisam lidar o tempo todo com as mais diferentes opiniões sobre tudo que acham e não acham dela.

Você já pensou no quanto deve ser difícil ser famosa desse tanto?

Em outubro de 2015 ela fez um discurso incrível e muito compartilhado na Universidade de Yale, nos Estados Unidos. A palestra foi intitulada “Emotional Revolution”, ou Revolução Emocional em português. Em um dos momentos, ela compartilha as dificuldades que teve com a depressão, fato que faz com que tome antidepressivos até hoje.

Decidi compartihar o vídeo por aqui pois muito do que ela fala tem a ver com os temas que costumo postar como autoaceitação, estabelecer limites e ser autêntico.

Em um primeiro momento de sua palestra, ela enfatiza bastante a necessidade da autoaceitação. Aceitar e gostar de quem somos, independente da condição financeira, da fama ou da quantidade de seguidores que temos no Instagram é um baita exercício para vida. Eu já fiz um post sobre isso por aqui também.

Em um segundo momento, Gaga compartilhou que parte da identidade de todas as pessoas é dizer não às coisas que você não quer fazer, administrando suas próprias vidas e identificando as perspectivas que irão guiá-las. Para se dar bem nos relacionamentos, é muito importante ter um papel ativo e não ser uma marionete nas mãos das pessoas de quem você gosta ou admira.

No principal momento do debate, Gaga compartilhou que pensou em desistir da música por não gostar de algumas coisas que vinham atreladas a ela, como campanhas publicitárias, o contato forçado com diversos fãs etc.

Até o momento em que reconheceu que se sentiria triste toda vez que tivesse que negociar pontos que não gostava para se tornar uma verdadeira máquina. Foi quando percebeu a importância de impor limites. Eles são fundamentais para uma vida recheada de paixão, de criatividade e de leveza. Você pode conferir parte do discurso aqui.

A palestra foi um verdadeiro estímulo para que pessoas de todo o mundo começassem a impor limites e começassem a vivenciar relacionamentos mais sadios.

Veja uma parte do discurso clicando na imagem abaixo:

Captura de tela 2016-01-12 13.08.55

E você, pretende mudar alguma coisa na forma como se relaciona com as pessoas? Já aprendeu sobre a importância de impor alguns limites para que não sofra? Compartilhe nos comentários o que você pensa sobre o assunto!

Carolina Nalon

por Carolina Nalon

Olá! Meu nome é Carolina Nalon e sou uma eterna inquieta que acredita que o mundo precisa de mais autenticidade e empatia. Espero que você encontre muita inspiração nas linhas e vídeos do meu blog. Se quiser saber mais sobre o que eu faço, visite a aba "projetos" desse site ou acesse: tiecoaching.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *