Conheça melhor o evento EntreOlhares

(foto de Pedro Céu)

Em tempos de vidas atribuladas, de correria intensa, trânsito lento, aumento do relacionamento digital e pouco contato olho no olho, questões sobre a diminuição das relações interpessoais em tempos de modernidade se tornam cada vez mais frequentes.

Um desses questionamentos — “Para onde foi a conexão humana? — foi o tema do evento mundial EntreOlhares, realizado pela primeira vez, simultaneamente, em diversas cidades brasileiras, como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Goiânia e em outras pelos quatro cantos do mundo.

E, neste post, vamos explicar tudo sobre esse movimento, que atraiu milhares de brasileiros e pessoas pelo mundo inteiro em busca de uma sociedade melhor e mais humana.

Surgimento

O movimento EntreOlhares — ou Eye Contact Experiment — é um evento mundial organizado pela The Liberators International para inspirar todo tipo de pessoa a viver em uma sociedade mais harmônica, em que o amor e a gentileza reinem, apesar de todas as diferenças existentes entre os mais diferentes tipos de pessoas, idades, povos e culturas.

A iniciativa teve sua primeira edição em 2010, na Austrália, e viralizou pelo mundo inteiro, criando uma experiência global inédita, após atrair mais de 100 mil pessoas em 156 diferentes cidades espalhadas por 42 países em apenas cinco anos. O movimento foi capaz de gerar mais de 100 milhões de visualizações na web sobre as ações ligadas ao evento.

No Brasil, ou como entrei no meio dessa história

Já fazia um tempo que eu e outros 3 amigos o Sven Frohlic (treinador de CNV), Karina Barreto (organizadora do Encontro com Propósito) e Pedro Céu (artista cocriativo) vínhamos conversando de fazer alguma intervenção na rua, sair de trás do computador e ir experimentar as coisas que falamos com quem estivesse passando pela rua.

Assistimos ao vídeo do Liberators International sem bem saber quem eles eram, só sabíamos que queríamos fazer algo parecido. Mas a Ka que também é produtora de eventos foi saber quem os LIberators eram e descobriu que eles promoveriam um evento de “eyecontact” mundialmente e estavam recrutando pessoas para embarcarem com eles.

Nós topamos na hora e decidimos criar o evento em São Paulo. Em poucas horas já eram centenas de pessoas confirmadas e muitas pessoas de outras cidades nos perguntando como eles podiam organizar o mesmo evento em suas cidades.

Em poucos dias outras 12 cidades brasileiras estavam junto da gente nesse projeto. Foi lindo de ver 🙂

Dá uma olhada no vídeo que fizemos do evento aqui em sampa:

carolina nalon entreolhares

Objetivo

A ideia do movimento é promover a troca de olhares entre pessoas desconhecidas em locais públicos para resgatar a conexão humana perdida em tempos de contatos digitais excessivos. É preciso aprender mais uma vez a nos relacionarmos uns com os outros.

Para isso, os participantes levam suas cadeiras de praia, cangas, tapetes, almofadas ou colchonetes de ioga, se quiserem participar sentados, ou podem se incluir nesta experiência em pé mesmo, e aguardam por um desconhecido para, olho no olho, tentarem por um minuto compartilhar e fortalecer ligações pessoais.

A reação das pessoas ao contato visual desconhecido é bastante interessante e surpreendente. Algumas se emocionam verdadeiramente, outras dão risadas, se abraçam e, muitas, de mãos dadas conseguem estabelecer conexões genuínas e autênticas.

Quer entender um pouco melhor como funciona a dinâmica do EntreOlhares? Clique aqui.

Evento

A primeira edição brasileira do evento, que também ocorreu simultaneamente em diversos outros pontos do mundo, como Buenos Aires, Londres, Paris, Nova York, Milão, Melbourne, Dublin, Vancouver, Viena, Guadalajara e Amsterdam, aconteceu no dia 15 de outubro, nas cidades brasileiras: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Goiânia, Brasília, Salvador e Fortaleza.

A adesão e a disseminação do evento foi toda feita via redes sociais, principalmente, pelo Facebook e atraiu milhares de brasileiros, que ocuparam parques, praças e pontos turísticos famosos pelo país.

Um vídeo com as fotos dos eventos espalhados pelo mundo, inclusive os brasileiros, será produzido e lançado no site do evento. Os resultados são incríveis! E, com o intuito de ser um movimento mais inclusivo, pessoas com deficiência visual puderam participar com interações táteis.

O evento fez tanto sucesso, que a próxima edição baiana do EntreOlhares já está marcada para o próximo dia 09 de Janeiro, no Farol da Barra.

Para mais informações sobre esse movimento e outros eventos desse tipo, fique ligado em nossas postagens e não esqueça de deixar seu comentário!

Carolina Nalon

por Carolina Nalon

Olá! Meu nome é Carolina Nalon e sou uma eterna inquieta que acredita que o mundo precisa de mais autenticidade e empatia. Espero que você encontre muita inspiração nas linhas e vídeos do meu blog. Se quiser saber mais sobre o que eu faço, visite a aba "projetos" desse site ou acesse: tiecoaching.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *