2 exercícios simples para se reinventar

Chega um momento na vida das pessoas que elas começam a fazer vários questionamentos para si próprias e o que poderiam fazer diferente em sua história. Cada um tem o seu tempo e maneira de chegar à essa reflexão, mas geralmente a pessoa se sente entediada ou insatisfeita e vai levando esta situação adiante por algum tempo. Então o incômodo vai crescendo e de repente vem uma necessidade urgente de virar o disco. E aí vem a pergunta: como mudar minha vida? E quando falamos em transformação, ela pode ser tanto na área profissional como afetiva, mas sempre passando pelo autodesenvolvimento. Ou seja, para saber como mudar é preciso saber, antes de mais nada, quem é você.

Neste processo, uma ferramenta poderosíssima é a sua própria biografia. Contar a sua história para si  mesmo é muito importante para que você consiga identificar
qualidades e aperfeiçoar os pontos de cuidado para então trilhar o caminho da mudança. Que comece a transformação!

Revisitando sua história

Nossas histórias são únicas. A vida de todo mundo daria um filme, tem partes de rir e outras de chorar. Revisitar nossa história com um olhar clínico, procurar por padrões que se repetem, padrões que queremos nos desvencilhar e entender o que realmente nos motivou a tomar decisões até agora podem ser pistas importantes para você decidir como quer seguir daqui para frente.

Existem várias formas para fazer esta imersão, mas vou expor uma das formas aqui. Você pode fazer uma linha do tempo, analisando sua biografia e identificando o que orientou suas escolhas até agora. Ou seja, conte a sua história para você mesmo, pense em quais foram os grandes marcos da sua vida, porque eles foram grandes marcos? Quais foram os aprendizados mais importantes da sua vida até agora e porque? Quem são as pessoas mais importantes para você? Como você aprendeu a trabalhar? A demonstrar carinho e afeto? O que você gostaria que tivesse sido diferente? O que você gostaria que continuasse acontecendo em sua vida?

Pegue uma grande folha de papel e desenhe todas essas etapas da sua vida e respostas dessa pergunta. É uma delícia fazer esse exercício junto de outra pessoa que você gosta e está afim de reorganizar a vida também.

Reinventar-se

Depois de revirar o baú, é hora de iniciar uma nova fase.

Descreva como está cada setor da sua vida neste momento (para isso super aconselho pegar um tempo e uma xícara de chá e preencher esse incrível e-book que Fábio Novo deixa disponível gratuitamente na Internet 108 perguntas para responder antes de procurar um coach). E então, comece a pensar em como você gostaria de estar em cada área que descreveu, prestando atenção em como se sente.

Não é hora apenas de racionalizar, a visão que você tem sobre você e seu futuro precisa ecoar dentro de você, fazer sentido em seu coração.

Depois, é hora de criar um plano de ação para sua mudança de vida, dizendo o que você quer mudar e em quanto tempo.

Nesta fase de transição em especial, é muito importante tomar conta dos pensamentos, pois eles são construções de nossa realidade. Procure estimular seus sentidos e ampliar sua consciência com filmes, músicas, livros, viagens, atividades físicas e passeios que tragam novas experiências positivas, observando tudo o que está acontecendo ao seu redor. Lembre-se que por incrível que pareça os dois grandes fatores que mais podem te impedir de fazer grandes mudanças são as pessoas que você mais ama e você mesmo (assista o terceiro vídeo dessa série) .

Outra dica para se reinventar é criar um diário de pensamentos e ideias para não deixá-los irem embora com o passar do tempo. Esse material pode ser muito rico na construção de seu novo caminho…tem horas que aquela famosa frase pode fazer muito sentido: “mude, mas comece devagar porque direção é mais importante que velocidade…”

E você, já contou sua história para si próprio? Está pronto para mudar sua vida? Compartilhe suas reflexões com a gente nos comentários.

Carolina Nalon

por Carolina Nalon

Olá! Meu nome é Carolina Nalon e sou uma eterna inquieta que acredita que o mundo precisa de mais autenticidade e empatia. Espero que você encontre muita inspiração nas linhas e vídeos do meu blog. Se quiser saber mais sobre o que eu faço, visite a aba "projetos" desse site ou acesse: tiecoaching.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *